>>...O BOM DE BOCA...<<
  

[green]Desconfie do destino e acredite em você. Gaste mais horas realizando que sonhando, fazendo que planejando, vivendo que esperando... Porque, embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive, já morreu...



Escrito por Gardenio às 01h32
[] [envie esta mensagem] []


 
   Ignorántia Plenis

Hoje eu pude ver o quanto eu sou ignorante e inculto, me desloquei a um espetáculo de dança (moderna, contemporânea, folclórica etc.) e constatei que só posso ter parado no tempo, já que tudo que foi apresentado se apresentava a mim como algo no mínimo obsceno, tendo em vista que aves dançavam e sapos se encantavam e se transformavam em pássaros, um raro e sublime desfile da informalidade feminina e do desespero febril do homossexualismo pueril, mostrado em forma de celulites, gorduras localizadas e tenras requebradas e quebradas de pescoços respectivamente.

 

 Mas o espetáculo teve seus bons momentos e algumas coisas que eu cheguei até a entender, como a dança do ventre e um pouquinho de balet clássico, de resto o que se viu foi um punhado de gente mal ensaiado e com a coreografia pela metade tendo que sair correndo atrás do ritmo ou de quem estava mais bem ensaiado.

 

Mas no Acre – eu adoro o Acre –  é comum, afinal o que você espera ver em espetáculo de dança em uma cidade que o único cinema não tem estacionamento, que os restaurantes não abrem no domingo e os que abrem não aceitam cartão de crédito, que o rodízio de pizzas acaba às 21:00 h , que um saco de pipocas custa R$ 6,00 e que as lojas fecham justamente na hora que você sai do trabalho... (Que horas que eu posso comprar alguma coisa???).

 

Enfim, moramos no fim do mundo, sabemos disso e deixamos a cada dia que passa os governantes dizerem que o Acre está crescendo como nunca esteve – de fato o bolso de quem se lambuza no banquete do poder deve estar crescendo, ou melhor, se desenvolvendo – Eu acho que o que está faltando ao Acre são governantes como o que tem a Venezuela: que pula em forma de dança junto com manifestantes e que fala palavrões em todos os seus discursos abertos.

 

É parar de demagogia e de aparecer com as carinhas mais engomadinhas possíveis e se entregar à melhoria de algo que não seja os seus próprios bolsos. É tocar a vida em frente sem lembrar que atrás pode vir alguém, ou seja, a lei do individualismo onde quem pode vai e quem não afunda...

 

Qual a sensação – seja sincero – que você sente ao lembrar de tudo que foi dito pelo então candidato à presidência Lula e ao ver tudo que está acontecendo em seu mandato? E o pior é ainda ouvi-lo dizer a mais célebre frase: “Não sei,Companheiro”.

 

 

Dessa forma o Brasil segue tocando as músicas que são intocáveis e o povo continua dançando o que nem o mais culto dos cidadãos consegue enxergar... Da beleza à tragédia tudo acaba em comédia! Já que no máximo vai se reunir uma turma de amigos ao final de cada espetáculo e vão falar apenas dos erros de coreografia...

 

E não do mais importante: a beleza do erro, do engano e da imperfeição, como diria um poeta.

 



Escrito por Gardenio às 00h58
[] [envie esta mensagem] []


 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]  
 
 



Meu perfil
BRASIL, Norte, RIO BRANCO, VILA ACRE, Homem, de 26 a 35 anos, Spanish, English, Música, Livros, Politica
MSN - gardeniomartins@hotmail.com

HISTÓRICO



OUTROS SITES
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis
 Escola João Mariano
 Professor Samuel


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!